Modalidade

Online

Investimento

18x de R$ 48,99

6x de R$ 146,97

3x de R$ 273,94

 

SOBRE O CURSO

O curso destina-se a:

As infecções estão cada vez mais comuns entre as pessoas, independentemente do local onde mora ou trabalha, é para isso que existe um profissão especialista nessa área, o Infectologista. O infectologista trabalha para identificar e indicar o melhor tratamento para cada um deles. É também o infectologista o especialista preparado para como essas infecções são disseminadas no ambiente, podendo prevenir uma epidemia, por exemplo. Quando necessário, irá prescrever ações que vão desde a administração de vacinas até mesmo à desinfecção de salas e equipamentos.

 

A infectologia é a especialidade responsável por estudar, diagnosticar e tratar as doenças infecciosas e parasitárias, com as várias interfaces relacionadas aos processos infecciosos, bem como, as doenças causadas por vírus, bactérias, até fungos, protozoários ou outros micro-organismos, enfim, nela estudamos os problemas causados por patógenos que invadem o corpo humano e causam danos ao organismo.  É uma área de conhecimento muito abrangente e complexa, pois não se ocupa em estudar apenas um órgão, um método diagnóstico, um tipo específico de paciente ou de tratamento, mas, é uma especialidade mais “generalista”.

 

A partir de 2005, foi aprovada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) em parceria com as sociedades de cada especialidade, uma nova regulamentação que especifica as regras para que o profissional possa manter-se especialista, ou seja, a cada 5 anos o especialista deve comprovar que se manteve atualizado. Para isso, foram criados o Certificado de Atualização Profissional e a Comissão Nacional de Acreditação (sistema ainda válido para a Sociedade Brasileira de Infectologia). 

 

MERCADO DE TRABALHO:

“O mercado de trabalho é amplo, nos estados e municípios, por exemplo, os coordenadores de saúde que trabalham na área gerencial são, preferencialmente, infectologistas. Outra área é o controle de infecção hospitalar. A Lei Federal 6.431 de 06/01/97 obriga todos os hospitais brasileiros constituírem Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) que deve atuar de acordo com programa desenvolvido na própria instituição. A lei instituiu a obrigatoriedade da existência da CCIH e de um Programa de Controle de Infecções Hospitalares (PCIH), tendo como objetivo a redução máxima possível da incidência e gravidade das infecções. Com esta exigência legal, o campo de atuação dos infectologistas ficou ainda maior.”

CERTIFICAÇÃO CONFERIDA:

Aos graduados em Ensino Superior, no término do Curso os inscritos aprovados receberão Certificado de Conclusão e Histórico Escolar emitido pelo INSTITUTO SUPERIOR DA CONAMAD, em Especialização em INFECTOLOGIA

Carga Horária

720 horas

Duração

6 meses

Matriz

 

 

Scroll Up
chat
Posso te ajudar?